top.png
top2.png
:

Principal

Ultimas noticias

Corinthians vende 27 mil ingressos para duelo contra o Inter na Arena

Corinthians x Botafogo (Foto: Eduardo Viana/ LANCE!Press)

O Timão terá o apoio em peso de sua torcida na partida desta quinta-feira, às 19h30, contra o Internacional, na Arena Corinthians. O jogo que marca a retomada do Campeonato Brasileiro para ambas as equipes após a parada para a Copa do Mundo teve 27 mil ingressos vendidos até a noite dessa terça-feira.

Há uma semana, quando as vendas de bilhetes ainda eram restritas a sócios do clube, três dos seis setores do estádio com ingressos disponíveis haviam sido esgotados. Estão à disposição somente a arquibancada leste superior, a oeste inferior e a oeste vip. Não há mais entradas para a leste inferior, a norte inferior e a sul inferior.

E MAIS:
> Fábio Santos vence 'Bolão da Copa' dos jogadores do Corinthians
> Bagatela! Corinthians gasta 20% do valor de Marcelo para comprar Petros
> Volta por cima! Mano mostra razão com Seleção e se reconstrói no Corinthians

 

A expectativa do clube alvinegro é de "casa cheia" para o duelo contra o Inter. Nas duas partidas em que o time já havia mandado partidas na Arena, o total de público pagantes beirou os 40 mil. Contra o Figueirense, 36.123 bilhetes foram vendidos. Diante do Botafogo, com uma das arquibancadas provisórias disponível, 37.119 corintianos estiveram no local.

A Arena Corinthians recebeu seis jogos ao longo da Copa do Mundo. Com as arquibancadas móveis disponíveis, todas as partidas tiveram públicos superiores a 60 mil torcedores. O recorde pertence à semifinal disputada entre Holanda e Argentina, com 63.267 pessoas. Sem as provisórias, que já começaram a ser retiradas, a capacidada máxima do estádio fica na casa dos 48 mil lugares.

PRÓXIMOS JOGOS

Nesta quarta-feira o Corinthians iniciou, por meio de seu programa de sócios, o Fiel Torcedor, a venda de ingressos online e exclusiva a associados do clube para os duelos contra Bahia (dia 23/7, pela Copa do Brasil, e dia 17/8, pelo Brasileirão) e Palmeiras (dia 27/7, pelo Brasileirão). Torcedores não associados poderão comprar tais entradas a partir desta sexta-feira. 

Confira abaixo os setores e valores de acordo com cada plano do programa Fiel Torcedor (sem os descontos a adimplentes):

Minha Torcida – Norte (R$ 50)
Minha Vida – Sul (R$ 50) e Leste inferior (R$ 80)
Minha História – Leste inferior (R$ 80) e Leste Superior (R$ 180)
Meu Amor – Leste Superior (R$ 180), Oeste (R$ 250) e Oeste VIP (R$ 400)



Leia mais no LANCENET! http://www.lancenet.com.br/corinthians/Corinthians-vende-ingressos-duelo-Internacional_0_1175882463.html#ixzz37es9M6Lo 
© 1997-2014 Todos os direitos reservados a Areté Editorial S.A Diário LANCE! 

Suárez suspenso 34 jogos sem levar vermelho

Suárez foi suspenso por 34 jogos desde 2010. Sem levar nenhum vermelho

Pedro Lopes
Do UOL, em São Paulo

26/06/201412h11
O "cartel" de Suárez começou ainda pelo Ajax, em novembro de 2010, quando o atacante mordeu Otman Bakkal, do PSV. Seu próprio clube tentou antecipar uma punição e suspendeu o jogador por dois jogos. A Federação Holandesa achou pouco, e aumentou para sete. Luisito pagou uma multa, de valor não revelada, e desculpou-se pelo suas atitudes em um vídeo.

O histórico de mordidas de Suárez em adversários torna difícil o argumento contra a suspensão de nove jogos aplicada pela Fifa pelo ataque a Chiellini na Copa. Uma análise maior no histórico do jogador, porém, expõe ainda mais como indefensável sua conduta dentro de campo.

Jogador técnico e ofensivo, o uruguaio, Não costuma receber cartões vermelhos. Isso, porém, não é nenhuma prova de que seja disciplinado – muito pelo contrário: desde 2010, conseguiu a proeza de cumprir suspensão em 34 partidas. Todas por motivos disciplinares, nenhuma sequer por ter recebido cartão vermelho.

Em 2011, outra suspensão, dessa vez já pelo Liverpool, por ofensas racistas dirigidas ao lateral esquerdo Evra, do Manchester United. Oito jogos, e multa de 40 mil libras. No mesmo ano, ainda foi suspenso por mais um jogo, por fazer gestos obscenos para a torcida do Fulham. O cumprimento, porém, coincidiu com um dos oito jogos da punição anterior.

Ivanovic, do Chelsea, foi vítima da segunda mordida, em 2013. As câmeras flagraram a agressão de forma inapelável, e resultaram em mais dez partidas de suspensão. Em 2014, o "apetite" se Suárez voltou a aparecer, e Chiellini que foi para casa com marcas de dentes.

A suspensão recorde de nove jogos aplicada pela Fifa pelo incidente na Copa de 2014 leva para 34 o número de jogos dos quais Suárez ficou ou terá de ficar de fora, sem que nenhum deles tenha sido por suspensão automática após um cartão vermelho.

Isso sem contar os jogos pelo Liverpool dos quais o atacante não participará – a punição pelo ataque a Chiellini inclui nove jogos internacionais e mais quatro meses afastado de qualquer atividade futebolística, o que deve colocar mais 13 jogos na conta. Nesse ritmo, no final de sua carreira, Suárez vai ter tantos castigos quanto terá gols.

Final da Recopa, contra o Lanús, no Mineirão

Presidente Alexandre Kalil confirma final da Recopa, contra o Lanús, no Mineirão

Mandatário do Galo disse que a exigência de 40 mil pessoas vetou o Horto

 

 

 
Flickr/AtléticoPresidente Alexandre Kalil confirmou que torcida do Atlético verá o jogo contra o Lanús no Mineirão

O presidente Alexandre Kalil confirmou que o Atlético fará a final da Recopa Sul-Americana no Mineirão. Em conversa rápida com o Superesportes, o mandatário do Galo revelou que a exigência de 40 mil lugares vetou o Independência. 

“O único lugar que pode ser é o Mineirão, pois tem que ter mais de 40 mil”, disse à reportagem.

A revelação do presidente atleticano põe fim às dúvidas que cercavam o local do jogo na capital mineira. Nos últimos sete anos, a Conmebol permitiu em três ocasiões que a decisão fosse realizada em estádios com capacidade inferior a 40 mil pessoas. Porém, o Atlético mandará a partida no Mineirão e deve ter grande arrecadação. 

Clima de 2013

Com a decisão anunciada por Kalil, o Atlético terá a oportunidade de fazer uma partida com clima similar ao da Libertadores'2013, quando derrotou o Olimpia no Gigante da Pampulha, nos pênaltis, e alcançou o maior título de sua galeria. 

O jogo decisivo contra o Lanús, em Belo Horizonte, foi marcado para o dia 23 de julho, às 22h. A partida de ida, no dia 16, será no Estádio La Fortaleza, na grande Buenos Aires. As duas equipes já decidiram um título continental, em 1997, quando o Alvinegro derrotou os argentinos pela Copa Conmebol.

Aguero fora da Copa

Argentina confirma lesão de Agüero, mas não corta atacante da Copa do 

Jeremias Wernek
Do UOL, em Vespasiano (MG)

26/06/201418h2EFE/EPA/OLIVER WEIKEN
  • Kun Agüero tem lesão no músculo posterior da coxa esquerda e previsão de volta é para depois da Copa

    Kun Agüero tem lesão no músculo posterior da coxa esquerda e previsão de volta é para depois da Copa

 

Sergio Agüero está lesionado, mas segue na Copa do Mundo. Nesta quinta-feira o médico da seleção argentina Daniel Martínez informou que o atacante do Manchester City tem uma lesão de grau um, o nível mais leve possível, na coxa esquerda e com isto não precisará ser cortado do Mundial.

O informe contrariou a publicação do jornal Clarín, que mais cedo cravou o corte de Agüero em virtude da lesão. Com o problema muscular, o camisa 20 está fora do jogo contra a Suíça, pelas oitavas de final, e terá retorno avaliado em caso de avanço para as quartas de final.

"Ele não está à disposição para a partida contra a Suíça, mas a partir daí vamos depender do avanço da seleção e da recuperação diária dele para falar em um retorno. Temos toda a estrutura e as alternativas possíveis para auxiliar na recuperação dele", afirmou Martínez após apresentar gráficos explicando o problema do atacante.

Agüero sentiu um problema muscular ainda no primeiro tempo da partida contra a Nigéria, em Porto Alegre, e acabou substituído. Horas depois da partida no Beira-Rio, o atacante do Manchester City fez um primeiro exame e, de volta à Cidade do Galo, encarou uma nova avaliação médica para então receber o veredicto dos médicos.

Considerado peça importante para o ataque da seleção argentina, ao lado de Di Maria, Messi e Higuain, Agüero atuou abaixo do esperado em todas as partidas da primeira fase do Mundial. Foi criticado pela mídia, mas com um desconto pela recuperação de outros problemas físicos antes do início da Copa.

Com uma série de lesões na última temporada europeia, ele foi poupado de todos os amistosos feitos pela equipe de Sabella antes do Mundial.